17:16, 21 jan 2021
Geral

​Intenção do consumo das famílias de Palmas inicia ano com novo aumento

Notícia

Desde novembro, o índice geral da pesquisa que mede a intenção de consumo das famílias de Palmas (ICF) vem retomando seu ritmo de crescimento. Em janeiro, a pesquisa revelou um aumento de 1,9 pontos, uma variação mensal de 2,1%. Dentre os itens avaliados na pesquisa individualmente, somente o “Momento para aquisição de bens duráveis” obteve uma variação negativa (de apenas 0,1%). O índice geral de janeiro da ICF Palmas ficou em 90,1 pontos.

Outros aspectos positivos obtidos neste mês foram que 73% dos entrevistados disseram que se sentem mais seguros em seus empregos e 48,5% consideram que sua renda familiar está melhor que no mesmo período de 2020.

Na pesquisa nacional, o índice cresceu pela quinta vez seguida (+0,7%) e subiu a 73,6 pontos. Contudo, mesmo com as recentes altas, o indicador registrou o pior desempenho para um mês de janeiro desde o início da série histórica, em 2010. Além disso, no comparativo anual, houve recuo de 24,2% – a décima retração consecutiva nesta base comparativa. A ICF está abaixo do nível de satisfação (100 pontos) desde abril de 2015.

Para o presidente da CNC, José Roberto Tadros, a sequência de taxas mensais positivas do índice reforça a confiança dos brasileiros na recuperação econômica, sobretudo com a proximidade do início da vacinação contra o novo coronavírus no País. “É importante a validação e a agilização da compra e distribuição da vacina, ou das vacinas, para efetivar esse processo de retomada”, afirma Tadros, ressaltando que o Sistema Comércio segue à disposição para contribuir para o que for possível, inclusive com o apoio das unidades do Sesc na campanha de vacinação.

De acordo com o presidente do Sistema Fecomércio no Tocantins, Itelvino Pisoni, o início do ano traz novas perspectivas. “Após dezembro, que é um bom mês com o incremento do 13º salário e vendas de Natal e Reveillon, nós iniciamos um ano com boas notícias relacionadas a pandemia e com isso é natural que haja um respiro. Nós esperamos que o consumo continue aumentando para que a retomada da economia ocorra a curto e médio prazo e com isso, as empresas também possam respirar aliviadas”, ressaltou o presidente.

A pesquisa ICF é realizada mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em parceria com a Fecomércio Tocantins e está disponível na integra aqui.