10:31, 19 nov 2016
Câmara de Mulheres

Câmara de Mulheres Empreendedoras da Fecomércio empossa diretoria na próxima terça-feira

Notícia

As mulheres empreendedoras do estado terão mais um incentivo para debater suas necessidades empresariais, profissionais e pessoais. Isso porque a Fecomércio Tocantins implantou a Câmara das Mulheres Empreendedoras e Gestoras de Negócios – CMEG e dará posse a sua diretoria na próxima terça-feira, dia 22 de novembro. O evento será no auditório da Fecomércio Tocantins, em Palmas, a partir das 19h.

Serão empossadas 19 mulheres que já atuam em diversos setores, como o comércio de bens, serviços e turismo, ambas com uma característica em comum, o empreendedorismo. Entre elas está a sócia proprietária da rede Quartetto e presidente da Associação Tocantinense de Supermercados, Maria de Fátima de Jesus. “Nosso desejo é mostrar para as mulheres que é possível assumir desafios profissionais, crescer e conquistar o mundo dos negócios, apesar dos desafios”, comentou.

A CMEG tem como objetivo estabelecer um fórum de discussão entre as mulheres empresárias, gestoras, empreendedoras e as que desejam empreender, visando à geração de projetos e propostas que fortaleçam o potencial de liderança e o empreendedorismo feminino.

A ideia da Câmara foi aprovada em setembro pelo presidente do Sistema Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni. “Acreditamos que a mulher já desempenha um papel fundamental na sociedade, mas ainda precisa de maior apoio, respeito e suporte quanto ao mercado de trabalho e seu papel de liderança na sociedade”, explicou.

Mulher e mercado de trabalho

Segundo o relatório do Fórum Econômico Mundial a igualdade de gêneros no mercado de trabalho só será possível em 2095. O Brasil por sua vez está em 124º lugar, entre 142 países, no ranking de igualdade de salários. Somos o penúltimo das Américas, ficando à frente apenas do Chile.

No Brasil, segundo o Rais de 2014, dos 9,5 milhões de postos de trabalho, 5,5 milhões são de mulheres. E o único setor em que as mulheres são maioria é o da Administração Pública.

Ainda de acordo com uma pesquisa, realizada pela Serasa Experian em 2015, as mulheres representam somente 43% dos proprietários de negócios no Brasil. A maior parte, 72,9% do total, comanda micro e pequenas empresas e 0,2% dirige estabelecimentos de grande porte. Um total de 52,1% das firmas localiza-se na Região Sudeste.

(Ana Caroline Ribeiro – Ascom Fecomércio Tocantins, com informações de http://www.cartacapital.com.br/revista/905/mulheres-empreendedoras)