10:26, 29 nov 2017
Geral

Intenção de consumo do palmense alcança a maior pontuação dos últimos 27 meses

Notícia

Em novembro, a pesquisa que avalia a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) marcou 92 pontos. Esta é a maior pontuação desde agosto de 2015, quando o indicador ficou em 92,9. Os dados são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em parceria com a Fecomércio Tocantins.

A ICF pode ser avaliada de acordo com a magnitude do grau de satisfação/insatisfação dos consumidores. O índice abaixo de 100 pontos indica uma percepção de insatisfação enquanto acima de 100 (com limite de 200 pontos) indica o grau de otimismo em termos de seu emprego, renda e capacidade de consumo. Ou seja, o resultado de novembro aproxima o índice à zona de satisfação.

Na comparação com resultado do mesmo período de 2016 (84,4 pontos), o indicador cresceu 7,6%. Já em relação ao mês de outubro (87,5 pontos), o aumento foi de 5,2%. “O resultado deste mês demonstra um ponto de vista mais otimista por parte do consumidor em relação a aspectos da condição de vida, renda e emprego”, comentou o presidente do Sistema Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni.

O item que analisa o nível de consumo atual cresceu 3,5% na comparação anual: em novembro do ano passado, 8,4% dos respondentes afirmaram que estavam comprando mais. No mesmo mês deste ano, o total foi de 11,9%.

Dados

No item Situação do Emprego, 70% dos entrevistados afirmaram estar mais seguros, 39,7% acreditam que terão melhorias profissionais nos próximos meses e 50,5% avaliaram suas rendas positivamente. Na comparação com o ano passado, 77,5% disseram que está mais difícil comprar a prazo, 61,7% apontaram que estão comprando menos e 56,2% afirmaram que este não é um bom momento para compra de bens duráveis.

A pesquisa completa está disponível no site www.institutofecomercioto.com.br.

(Ana Caroline Ribeiro – Ascom Fecomércio Tocantins)